sexta-feira, 30 de março de 2012

domingo, 25 de março de 2012

Célula cancerígena em divisão

Célula cancerígena em divisão. As células apresentam uma superfície irregular característica com muitas projeções citoplasmáticas, que permitem mobilidade. Incrível! 

Vasos sanguíneos

Vasos sanguíneos em torno dos alvéolos pulmonares. Mostrando hemácias (glóbulos vermelhos) nos vasos. Os alvéolos pulmonares são estruturas de pequenas dimensões, localizadas no final dos bronquíolos, onde se realiza a hematose pulmonar. 

Osso com osteoporose

Osso com osteoporose. Mostrando um “close” nas estruturas porosas do osso doente. A osteoporose é uma doença que atinge os ossos, caracterizada pela perda de massa óssea e pelo desenvolvimento de ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, mais sujeitos a fraturas. 

Produção de espermatozóides

Produção de espermatozóides dentro dos túbulos seminíferos dos testículos. Este é o processo de espermatogênese. As caudas esão representadas em rosa muito claro e a
cabeça dos espermatozóides são rosa escuro. 

células do sangue humano

Jujubas?? Não! São células do sangue humano.  Hemácias (vermelho), Linfócito (azul), Neutófilo (amarelo, maior), Macrófago (verde) e Plaquetas (amarelo, pequeno). Aumento: 3300x. 

Fibras nervosas mielínicas

Fibras nervosas mielínicas. Em roxo podemos ver a bainha de mielina. Nos axônios de maior diâmetro, a célula envoltória forma dobras em torno do axônio. Ao conjunto dessas dobras múltiplas chamamos de bainha de mielina.Sua função é acelerar a velocidade da condução do impulso nervoso. 

domingo, 18 de março de 2012

MICROHEMATÓCRITO

Volume Globular, hematócrito ou VG
O volume globular, VG ou hematócrito corresponde à porcentagem deeritrócitos (hemácias) presentes no sangue.

- Primeiro colhe-se uma amostra de sangue em tubo contendo anticoagulante (que pode ser EDTA ou citrato).

- Depois coloca-se uma quantidade de sangue dentro do microcapilar.
Para isto basta encostar o tubinho na posição horizontal, ligeiramente inclinado, na amostra de sangue que ele já entra por capilaridade.



Este é um exemplo de tubos capilar.



- Após esse procedimento um dos lados do tubo deve ser fechado. Para isso pode-se usar um selante, ou então encostar a pontinha do tubo-capilar em uma chama (que pode vir de um bico de bunsen, por exemplo). Com isso o vidro derrete e sela uma das pontas.

- Feito isso deve-se levar o tubo a uma centrífuga de micro-hematócrito como esta da figura abaixo. Deve-se obedecer as regras do fabricante. A parte selada fica voltada para fora.















- Depois de centrifugado o tubo vai ficar como este da figura abaixo.

- Coloca-se ele na posição vertical e faz-se a leitura com o cartão, tabela ou cartela de leitura. Ela é como esta abaixo.

- O volume globular faz parte do eritrograma, este compõe o hemograma.
Após a sua remoção da centrífuga é possível notar 3 camadas distintas no tubo.
Uma coluna de plasma que fica superficialmente;
Uma coluna de leucócitos que normalmente é fina e esbranquiçada conhecida como "creme leucocitário";
Uma camada de hemácias compactadas no fundo.


O creme leucocitário consiste em células nucleadas (predominantemente leucócitos) e plaquetas. E pode apresentar-se avermelhado caso haja uma quantidade de hemácias nucleadas muito grande.


- Para a leitura posiciona-se a extremidade inferior da camada de eritrócitos na linha 0 e a extremidade superior da coluna de plasma na linha 100. Você deve "ajeitar" o tubo para que a leitura seja feita corretamente. A marca da camada vermelha de eritrócitos é o VG ou hematócrito.

PUNÇÃO VENOSA PARTE 2

 PUNÇÃO VENOSA PARTE 2


COLETA DE SANGUE

Este vídeo apresenta os procedimentos e técnicas, recomendados pelo Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids, do Ministério da Saúde, para identificação, coleta, preparo, armazenamento e transporte de amostras de sangue para testes sorológicos e quantificação de células CD4 e da carga viral. Ao mesmo tempo, alerta você para os critérios de controle de qualidade e os cuidados de biossegurança indispensáveis para o desempenho de suas tarefas. 




ORGANELAS CELULARES


domingo, 11 de março de 2012



MÃO
A mão se divide em: carpo, metacarpo e falanges.
 
Ossos do Carpo
São oito ossos distribuídos em duas fileiras: proximal e distal.
Fileira Proximal: Escáfoide, Semilunar, Piramidal e Pisiforme
Fileira Distal: Trapézio, Trapezóide, Capitato e Hamato

 
Metacarpo
É contituído por 5 ossos metacarpianos que são numerados no sentido látero-medial em I, II, III, IV e V e correspondem aos dedos da mão. Considerados ossos longos, apresentam uma epífise proximal que é a base, uma diáfise (corpo) e uma epífise distal que é a cabeça.
 
Dedos da Mão
Apresentam 14 falanges:
 
Do 2º ao 5º dedos(quirodáctilos):
        * 1ª falange ( Proximal)
        * 2ª falange ( Média )
        * 3ª falange ( Distal )
 
Polegar:
        * 1ª falange ( Proximal )
        * 2ª falange ( Distal ) 

quinta-feira, 8 de março de 2012


Maior tempestade solar em cinco anos chega à Terra



WASHINGTON - O campo magnético da Terra está prestes a ser sacudido como uma bola de neve com a maior tempestade solar em cinco anos. Depois de atravessar o espaço em um dia e meio, uma enorme nuvem carregada de partículas deve chegar nesta quinta-feira e afetar as redes de eletricidade, os sistemas de navegação por satélite e os voos das aeronaves, especialmente nas regiões do Hemisfério Norte. perturbar redes de serviços públicos, voos de companhias aéreas, redes de satélites e o GPS, especialmente em áreas do Hemisfério Norte. Mas a explosão também poderia pintar auroras coloridas mais longe dos polos do que o normal.
Os cientistas dizem que a tempestade solar, que começou no início da semana, está crescendo à medida que se afasta do sol, expandindo-se como uma bolha de sabão gigante. Quando ela atacar na manhã desta quinta-feira, as partículas irão se mover em 4 milhões de quilômetros por hora.
- Vai nos bater bem no nariz - disse Joe Kunches, um cientista da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica, em Boulder, Colorado.
Os astrônomos dizem que o sol tem estado relativamente calmo por algum tempo. E esta tempestade pode parecer mais feroz porque a Terra foi embalada por vários anos de atividade solar fraca.
A tempestade faz parte do ciclo normal do sol de 11 anos, que deve ao auge no próximo ano. Tempestades solares não causam danos às pessoas, mas elas afetam a tecnologia. E durante o último pico, por volta de 2002, os especialistas descobriram que o sistema de posicionamento global, conhecido como GPS na sigla em inglês, era vulnerável às explosões solares.
- Como a nova tecnologia que floresceu desde então, os cientistas descobriram que alguns novos sistemas também estão em risco - disse Jeffrey Hughes, diretor do Centro Integrado de Modelagem de Clima Espacial da Universidade de Boston.
O sol entrou em erupção na noite de terça feira e os efeitos mais notáveis deveriam alcançar a Terra nesta quinta-feira entra 3h e 7h (no horário de Brasília), segundo as previsões do Centro Espacial de Meteorológica. Os efeitos podem persistir até a manhã de sexta-feira.
- Este é um evento de bom tamanho, mas não do tipo extremo - disse Bill Murtah, coordenador do programa do Centro de Previsão de Clima Espacial.
Rob Steenburgh, meteorologista do Centro de Previsão de Clima Espacial, disse que até às 23h30m de quarta-feira não houve efeitos visíveis da tempestade solar na Terra. Mas ele observou que havia alguns indícios de um satélite, que registrou um ligeiro aumento em partículas de baixa energia.
Outras tempestades magnéticas foram observadas nas últimas décadas. Uma explosão solar enorme, em 1972, paralisou as linhas telefônicas do Estado americano de Illinois.